Biblioteca Nacional

Já tem um tempo que eu fui na Biblioteca Nacional no Centro do Rio de Janeiro e estou pra fazer um post pra vocês. Hoje ele saiu!

Foto 13-05-16 14 32 04

A Biblioteca Nacional funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, e sábados, das 10h30 às 15h, no endereço Av. Rio Branco, 219, Centro – Rio de Janeiro. A visita é gratuita e eles pedem para guardar a mochila/bolsa nos armários, o que tem o custo de R$1,00. Entretanto, se você não tiver moeda de R$1 eles te dão uma ficha para colocar no lugar e fica por isso mesmo.

Nada de usar essa informação para dar calote no pessoal do guarda-volumes, hein!

Foto 09-05-16 16 06 56

Na ponta dessa escada é onde começa a visita guiada oferecida por eles, que também é gratuita e ocorre de segunda a sexta, nos seguintes horários:

11h – português
13h – inglês
15h – português

Só precisa apresentar a documentação no saguão para colocar o nome na lista.

O agendamento de visitas especiais ou em grupos maiores pode ser feito pelo número (21) 2220-9484 ou pelo e-mail visiguia@bn.br.

Foto 12-07-16 01 15 35

Assinando a lista novamente com “O Mundo de Isabel” (o último), porque vocês vêem tudo comigo <3 #fofa

O guia começa explicando um pouco da transcrição dos livros para o acervo digital deles e também mostra uma folha de pergaminho antiga para a gente. Ele explica que a Fundação Biblioteca Nacional foi comprada de Portugal em tempos de crise por lá, e que já veio com milhares de livros. Por isso, hoje é a 7ª maior biblioteca do mundo, e a maior da América Latina.

Foto 12-07-16 01 24 10

Um pouco das salas, mapas, etc.

As salas pelas quais o guia passa explicando são:
Saguão
Sala Celso Cunha – Manuscritos e Cartografia
Sala Aloísio Magalhães – Iconografia
Armazéns (onde se amarzena os livros – não pode tirar foto)
Sala de Obras Raras

Obs: Há anos que a BN não dá mais conta de todos os livros que possui e continua recebendo todos os anos. Para isso, foi criado um anexo para armazenar o acervo completo, enquanto que na Biblioteca mesmo ficam apenas os livros de maior circulação. No total, chega a contar com 9.000.000 de livros.

Obs2: Para quem tem interesse em fazer a carteirinha e ter acesso ao acervo da Biblioteca, aqui está a política de visitação e de pesquisa.

E para quem quiser estender no final, tem os Jardins para conhecer. É pequeno mas vale a ida. É só sair da Biblioteca e dar a volta por trás dela que chega na entrada para os jardins.

Foto 09-05-16 15 50 51

Esse teto, gente… Muita lindeza

Finalizamos o tour (eu e minha prima, Priscilla) com essa foto maravilhosa que eu tirei dela kkkkkk:

Foto 09-05-16 16 06 00

Não comprei nenhum livro na lojinha deles, mas na saída da Biblioteca estava tendo uma feira de livros no estilo sebo (livros novos e usados por bons preçinhos) na praça da Cinelândia. Aliás, sempre tem por lá! Eu comprei um livro por R$30 e minha prima comprou 3 livros por R$10,00! Não sou muito boa de pechincha, perceberam né? Hahaha.

O que acharam da BN? Só pela beleza dessa arquitetura que mistura elementos neoclássicos e de art nouveau já dá vontade de visitar, não é mesmo? Sabiam que o número de visitantes que colocam o nome na lista colabora para que se obtenha mais visibilidade do governo para apoio à cultura e educação da Biblioteca? O meu já está lá 🙂

Beijo da Bel.

Isabel Costa

O (eu) implícito do "venho por meio deste".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *