Palm Springs, California, além do Coachella: Palm Springs Aerial Tramway e Mount San Jacinto State Park

O mês de Abril é o escolhido para anualmente receber o Coachella Valley Music and Arts Festival (ou simplesmente Coachella), festival de música e arte, no entorno desértico de Palm Desert, Califórnia/Estados Unidos.

É quando o festival está rolando que começamos a ver mil fotos de Palm Springs pelo Instagram, mas na realidade essa região possui muito mais atrativos que apenas este festival uma vez ao ano. E agora que o Coachella acabou de acontecer, vim mostrar para vocês:

Palm Springs Aerial Tramway e Mount San Jacinto State Park and Wilderness Area:

Essas são as imagens que você vê ao chegar.

Os ingressos para subir de “teleférico” até o Monte San Jacinto são vendidos online neste site (só clicar aqui no link), mas normalmente esgotam super rápido. Mesmo assim, você pode chegar na hora e enfrentar fila. É importante que, caso tente ir sem ingresso, você chegue bem cedo (!), pois as filas são de 3 horas para comprar o ticket e agendar um horário ainda para subir. Se você estiver viajando no inverno, por exemplo, época do ano em que o sol se põe às 16h na Califórnia, e não tiver comprado seu ingresso até o 12h, começa a não fazer mais sentido subir e aproveitar pouco tempo de luz solar no parque.

Então a dica para quem não conseguir o ingresso antecipado é essa: chegue 7h da manhã, estacione, suba os degraus, e fique esperando os guichês da bilheteria abrirem às 7h30. Fiz isso e deu super certo! Fui a primeira a chegar e logo depois a fila atrás de mim foi ficando enorme. Comprei e marquei minha subida para o primeiro horário, assim chegaria lá em cima sem muita gente para atrapalhar as fotos.

Subindo no teleférico, ao olhar para baixo, é isso que você vê.
E ao olhar para cima, é isso.

Para subir, você pega o Palm Springs Aerial Tramway, que custa $25 (dólares, ok?) por pessoa, e paga também o estacionamento de $8. O teleférico dá uma balançada ao passar pelas torres, me senti numa montanha russa leve da Disney kkkk.

Ao chegar lá em cima, pode ficar quanto tempo quiser. Tem lojinha que vende sapato apropriado para a neve e precisar/quiser comprar (não dá pra usar sapato escorregadio e que não proteja seu pé do frio, tá?), vende meias, casacos, luva, cachecol, tudo o que puder ajudar no frio. Eu peguei -12 graus Celsius lá, não é brincadeira! Além do café lá de baixo na bilheteria, lá em cima tem também café e restaurante, e entardecendo abre o barzinho.

Restaurante e lojinha.

Obs: no café do térreo eles vendem chocolate quente, mas não pode subir tomando, então eles permitem que você esvazie seu copo e leve o copo vazio com você até o restaurante do topo, para que você faça seu refil.

Por ter essa estrutura, o interessante é ir para passar o dia na montanha. Você consegue tomar um café da manhã lá mesmo, vai brincar na neve (muito Frozen), depois volta, come um lanche… Sem contar que para quem não está acostumado com o frio, voltar para a parte climatizada é um respiro. Você fica no aquecedor e descansa para criar coragem de ir para a neve de novo haha.

Muitas famílias americanas vão até lá e levam (ou compram na lojinha do local) trenós/pranchinhas para seus filhos ficarem brincando de “esquiar” na neve. Eles encontram uma parte com declive e pronto, escorregam ali o dia todo, até quebrar o brinquedo. Real. Vi vários quebrados quando iam de encontro a uma pedra ou árvore ou capotavam com as crianças hahaha.

Descendo de volta. Última foto: minha cara quando o teleférico balança kkkk.

“Mas como eu vou ter certeza se vai ter neve na montanha?” Tem um câmera ao vivo (Long Valley Cam) no site deles para você saber a temperatura e ver se tem neve ou não antes de ir! É claro que não vai ter neve o ano inteiro, mas mesmo que não seja inverno, a vista é incrível e valeria a ida.

Registro da câmera ao vivo no dia em que eu fui.

O que acharam? Enfrentariam o frio para conhecer? O que mais vocês acham que se tem pra fazer em Palm Springs? Vem mais post por aí!

Beijo da Bel. 🙂

Isabel Costa

O (eu) implícito do "venho por meio deste".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *